sexta-feira, 13 de março de 2009

Por onde andei?

(e alguém me procurou?)


Fui cortar o cabelo ontem, coisa que não fazia há muito tempo. Meu cabelo foi crescendo e perdendo tudo... a forma, o brilho, a saúde e a dignidade. Eu fui perdendo a paciência de disfarçar os genes louquíssimos que formam tal massa capilar e meu secador e minha chapinha bocejam de inatividade. Mas tudo mudou!


É!


Apesar de ter feito o mesmo corte de quase sempre, mudei minha cara de "esqueci que sou mulher" pra "mocinha que se cuida e se ama". Tudo bem que não foi só o cabelo, a maquiagem ajudou.
Foi só quando a Laila quis ir no salão que percebi a minha necessidade de ir lá. E ontem, sentada enquanto Carmelita dava um jeito na bagunça, me perguntei quando eu fiquei tão descuidada. Parece que eu andava dormindo. Eu não sou vaidosa? Não me sinto mal em andar por aí com o cabelo desleixado? Não tenho vergonha? Sim, sim, sim! E como eu não fui no salão antes?! Queria saber...
(Laços de Família)
Esses dias tava rindo de uma piadinha do Zé, quando o Juninho falava sobre cabelos.
_Meu cabelo já te xingou? Te bateu? Te faz algum mau? Então me responde: Por que tu diz que meu cabelo é ruim?!
Adoro.

2 comentários:

lffernandes08 disse...

Tô curioso pra ver o resultado...

Luiz Felipe

Ana Claudia Pantoja disse...

Queremos fotos.

Queremos provas.

:)