quinta-feira, 5 de maio de 2011

5 de maio

Acordei hoje um uma saudade imensa, mas sem direção certa. Talvez tenha encontrado alguém querido nos sonhos e, no despertar, me fugiu a memória e ficou a falta. Talvez esteja com saudades daqueles dias de glória, quando tive o que precisava, ou da daqela esperança boba e bonita de uns dias atrás. Mas pode ser tudo junto. Saudade de beijo, desejo, de praia, luar, vento nos cabelos, caminhar ao sol, dinheiro pra gastar, suor, sussurro e daquela animação frenética das boas surpresas. Andando numa estrada segura, ainda me falta levitar.

2 comentários:

Antonio Gomes disse...

OLÁ AGATHA!
Moramos na mesma Cidade,da América do Sul.
E gostei do seu blog,sua sinceridade ao escrever.
Aportei aqui hoje.
Voltarei.
Caso queira visitar meu Palácio das Letras,estou lhe aguardando.
ANTONIO,de GOIÂNIA,GO.

Andressa Nascimento disse...

Oii to te seguiindo akii táár !! segue o meu tambem http://www.celebrits-celebritys.blogspot.com/ prometo q vc vai gostar *--*